FANDOM


Em uma cidade afogada nos restos do Chaos, uma estrutura peculiar aparece de pé, no meio da cidade abandonada. Pelo mar sem vida, cristais brilham fracamente no sol. Não há sinal de vida nesta cidade envolta por um céu desolado.
— Descrição online

Valhalla (ヴァルハラ, Varuhara), também incorretamente identificado como reino invisível por seres humanos na trilogia de Final Fantasy XIII, é um local em Final Fantasy XIII-2. É uma cidade localizada em uma dimensão alternativa de Gran Pulse. Motomu Toriyama, o diretor de Final Fantasy XIII-2, disse que Valhalla estava localizada em uma lacuna entre o mundo invisível e o mundo real. A natureza ligada à morte de Valhalla manifesta-se em distorções na linha do tempo e as batalhas que acontecem lá quase sempre continuam pela eternidade.[1]

Daisuke Watamaba, o escritor de cenário principal de Final Fantasy XIII-2, explicou Valhalla assim: "Valhalla existe em um plano da realidade diferente, que fica entre o mundo real e o nada. O tempo não flui em Valhalla porque ela é atemporal, um lugar sem vida. Com Etro desaparecendo do mundo real, Valhalla é seu único refúgio: é um 'mundo intermediário', onde ela espera até que se dissolva completamente".[2]

DatalogEditar

Valhalla

Valhalla.

Veja também: Datalog/História e Mito (Final Fantasy XIII-2)

Valhalla é uma dimensão sobrenatural, também conhecida como o reino invisível. Segundo a lenda de Pulse, é o lugar do descanso final das almas dos mortos, e o mundo caótico onde a deusa Etro fez sua casa. Alguma teorias o descrevem como uma cidade que existe além do fluxo do tempo, e outros afirmam que é um futuro onde o mundo chegou a um impasse.

A vidente de Paddra descreve-o assim: "Todo o espaço-tempo pode ser visto a partir de Valhalla. Mas, para exercer seu poder além de suas fronteiras, é preciso primeiro abrir o Portão de Etro.

FragmentosEditar

Veja também: Fragmento/Oráculo de Etro

Pedaço da Memória

Valhalla é um mundo que está ligado a todas as eras, cada linha do tempo. Quando a vidente do Farseers olha para o futuro, Valhalla é o coração da visão.

A vidente também tem o poder de enviar sua voz interior através de Valhalla e, em seguida, para a hora e local de sua escolha. No entanto, apenas aqueles com grandes caos em seu coração são capazes de ouvir as palavras da vidente.

- Cristal Carmesim

Pedaço da Memória

No coração de Valhalla está o templo de Etro. O trono que fica dentro, o trono da deusa, está sempre vazio.

Ninguém pode dizer quanto tempo o templo da deusa ficou neste lugar. Em um mundo onde o tempo não existe, essa questão tem pouco significado. Alguns especulam, no entanto, que a deusa construiu o templo com suas próprias mãos, como uma prisão para algum inimigo há muito esquecido.

- Cristal Azul

Pedaço da Memória

Valhalla, onde o templo da deusa está, flutua sobre o vasto oceano de Chaos em que todas as coisas devem fluir. Não há nem fim ao Chaos. Aqueles que caem em suas águas estão condenados a flutuar por toda e eternidade na rachadura entre a vida e a morte.

O oceano de Chaos afogou o Pedestal do Tempo. Lá, naquele santo dos santos, fez a deusa Etro o primeiro passo para o reino invisível. Mas, como seu poder diminuiu, o local sagrado onde seu pé tocou o solo afundou sob as ondas enfurecidas.

- Cristal Âmbar

PerfilEditar

Vida e morte perdem todo o sentido sob as ondas de Chaos. Valhalla. As correntes do tempos não tocam suas costas.
— Lightning
Este é um mundo que dá origens à infinitas possibilidades. Mas isso é tudo que elas são, possibilidades. Não há nenhuma morte aqui, mas nenhuma vida real, também.
— Noel Kreiss

O reino invisível foi introduzido pela primeira vez em um vídeo exibido no evento Square Enix 1st Production Department Premiere, em 18 de janeiro de 2011, que detalha que ele é a outra metade do universo. Os dois lados do universo devem permanecer em equilíbrio, e se o equilíbrio entre as duas dimensões é quebrado, todo o universo estaria em perigo de colapso. O reino invisível é preenchido com uma substância conhecida como Chaos, uma substância perigosa que ameaça o equilíbrio mundial se não estiver sendo controlada.

Valhalla 01

A praia de cristal carregada por Valhalla.

Em Final Fantasy XIII-2, Valhalla é chamado de reino invisível no Datalog, embora notas do desenvolvimento dos guias Ultimania chamem-no de o lugar entre o mundo visível e o reino invisível. As lendas afirmam que aqueles que morrem no mundo visível passam pelo Portão das Almas, conhecido como Portão de Etro em Final Fantasy XIII-2, para Valhalla. Um ciclo é estabelecido onde as almas dos seres humanos falecidos entram em Valhalla e afundam no mar de Chaos, eventualmente, para ser enviada de volta e renascer em uma nova forma. Muitos que moram no mundo visível tem tentado encontrar o Portão, mais evidentemente muitos dos fal'Cie criados por Lindzei e Pulse, e seu modo de encontrá-lo é forçá-lo por trás da história de Final Fantasy XIII.

Etro é a deusa encarregada de proteger o equilíbrio mundial. Ela é a única que controla a porta entre os dois mundos, e a presentar os seres humanos com seus corações, colocando um pequeno pedaço de Chaos dentro de cada ser humano, mantendo o nível de Chaos constante. É por isso que a habilidade de viajem no tempo deriva da deusa; aqueles que Etro dotou com grandes quantidade de Chaos serão capazes de viajar através do tempo usando o Historia Crux, controlar monstros, e ver as mudanças no cronograma.

A estrutura mais proeminente vista em Valhalla é o Templo da Deusa. Um trono de cristal fica dentro do templo, que está sempre vazio. Uma entrada em um fragmento diz que alguns especulam que a deusa construiu o templo com suas próprias mãos, como uma prisão para um inimigo há muito esquecido.

Valhalla 2

O templo de Etro.

O tempo não existe em Valhalla, e, portanto, não possui passado, nem futuro. Todos o espaço-tempo pode ser visto a partir de Valhalla, deixando seus moradores terem uma visão para cada época e cada linha do tempo diferente. Dizem que quando a vidente dos Farssers olha para o futuro, Valhalla é o centro da visão, e que ela tem o poder de enviar sua voz interior através de Valhalla para o momento e local de sua escolha. Essa é a maneira que Lightning usa para se comunicar com Serah, Snow, Sazh e Hope, por meio de sonhos.

Um número de animais reside nesse reino, assim como Eidolons, servos de Etro. Valfodr se diz ter sido uma vez o cavaleiro mais forte de Valhalla. Na entrada do Fragmento "Cuddly Chronicles", é dito que Valhalla é um mundo onde só os mais fortes sobrevivem e aqueles que nascem fracos devem aprimorar sua força e habilidade em batalha contra inimigos mais poderosos.

O lugar onde o templo de Etro se encontra está rodeado por edifício altos, como uma antiga metrópole, mas a área está morta, pois parece que o reino não tem quaisquer outras formas de vida senciente além de Etro, Lightning e Caius Ballad; não possui nenhuma civilização e cultura, e Caius e Lightning parecem ser os únicos seres humanos que o habitam.

Em uma entrevista com Toriyama e Watanabe no Final Fantasy XIII-2 Ultimania Omega, os criadores revelaram que Valhalla é um lugar entre o reino invisível e o mundo real, onde o fluxo de tempo parou e as pessoas passam durante o seu caminho para o além.[3] De acordo com Watanabe, os edifícios não abrigam as pessoas, então eles não precisam ter escadas ou banheiros.[3]

Valhalla Sea

O mar de Chaos em Valhalla.

A área metropolitana abandonada está rodeada pelo mar, e dizem que Valhalla flutua sobre o vasto oceano de Chaos em que todas as coisas devem fluir e que não há nem começo nem fim. É dito que aqueles que caem em suas águas estão condenados a flutuar por toda a eternidade na lacuna entre a vida e a morte. Está implícito em uma entrada de um Fragmento que Valhalla nem sempre esteve afundado sob suas ondas, mas o oceano subiu devido ao aumento da quantidade de Chaos coincidindo com o declínio dos poderes de Etro.

Depois de Valhalla e Gran Pulse se fundirem e formarem Nova Chrysalia, os restos do Templo de Etro são as únicas coisas que restaram de Valhalla, e se encontram nas Willands.

HistóriaEditar

Alerta de spoiler: Detalhes sobre a história a seguir.

Final Fantasy XIII-2Editar

Lightning é levada para Valhalla pelos efeitos de um paradoxo no tempo. Quando Etro viu como Lightnig e seus companheiros l'Cie lutaram bravamente para salvar Cocoon, a deusa teve pena dele e livrou-os de suas estases cristalinas e retirou suas marcas. Ao fazer isso, no entanto, Etro distorceu a linha do tempo e criou um paradoxo no tempo.

No final de Final Fantasy XIII -Episode i-, uma parte do Chaos de Valhalla sangrou para fora, para Gran Pulse, através de uma fenda e arrastou Lightning com ele, apagando-a da história e altera as memórias de todos, menos as de Serah, como se ela não tivesse aparecido em Gran Pulse depois de Cocoon cair. Etro selou o portal dimensional e não deixou mais o Chaos escapar, mas enfraqueceu muito e entrou em um sono profundo. Agora, residente de Valhalla, Lightning é atraída para o Templo de Etro, onde viu o futuro da humanidade e prometeu se transformar no cavaleiro de Etro e protegeria a deusa moribunda.

Portão das Almas em Valhalla

O Portão de Etro sobre o templo.

A estrutura mais importante de Valhalla é o Templo de Etro, dominada por duas terras com espirais verdes. A adormecida Etro repousa dentro do templo, enquanto Lightning a protege, prevendo que Caius Ballad entraria no reino invisível para matar a deusa. O Final Fantasy XIII-2 Ultimania Omega sugere que Lightning envolveu Caius em uma guerra interminável que só pode acabar se ela entrar em estase cristalina. Durante seu duelo, Lightning vê Noel cair do Portão de Etro e salva-o para que ele possa encontrar Serah no mundo mortal e guiá-la para Valhalla. Depois de sobreviver a um meteoro que Caius invocou para esmagar o Templo de Etro enquanto Noel se dirige a um Portal Temporal, Lightning continua lutando contra Caius até que ela é nocauteada enquanto vislumbra Serah morrendo nos braços de Noel no mundo mortal.

Quando Serah e Noel encontram Valhalla em 500 AF, eles derrotam Caius em batalha. Embora Noel recuse-se a matá-lo, e em vez disso tenta dar juízo a ele, mas Caius faz com que ele acerte-o com sua espada, perfurando o "Coração do Chaos" para criar o paradoxo final: a morte de Etro. Com a deusa morta, nada podia conter o Chaos, uma vez que sangra no reino mortal. Lightning sai do templo e vê a alma de Serah sendo contida pelos espíritos da vidente Yeul que pretendiam manter Serah com elas e invocam o Chaos o ressuscitado Caius que tinha se transformado no próprio Chaos. Depois de derrotar Caius, Lightning exige a alma de Serah, mas as Yeuls reivindicam dizendo que a culpa era dela por levar Serah a sua morte.

Lightning Trono de Etro

Lightning se transforma em cristal no trono da deusa

Lightning retorna para o Templo de Etro, lamentando para Serah, cujo espírito tinha aparecido para ela, e diz a ela para não culpar a si mesma, e garante que elas iriam se encontrar novamente. Com a intenção de manter sua promessa de se lembrar sempre se Serah, Lightning vai para o trono de Etro e se transformar em cristal para preservar o mundo, junto com as memórias de Serah, e sua alma.

Lightning Returns: Final Fantasy XIIIEditar

Séculos depois dos reinos fundirem-se, Valhalla foi integrado no que se tornou o Wildlands de Nova Chrysalia. A única coisa que restou de Valhalla foi o templo arruinado de Etro, que se transformou na morada de Caius onde ele reside ao lado de várias encarnações de Yeul. Quando Nova Chrysalia é destruído no Apocalipse, um novo reino invisível nasce e as encarnações de Yeul - excluindo a Yeul de 700 AF - assumem o papel de Etro no controle do ciclo de vida com Caius permanecendo como seu guardião.

Valhalla também é visto como uma vista apocalíptica no julgamento conhecido como Altar do Nascimento (Altar of Birth) na Catedral de Luxerion.

InimigosEditar

Criação e DesenvolvimentoEditar

XIII-2 Valhalla Concept Art

Conceito de arte de Valhalla.

Quando o diretor de arte Isamu Kamikokuryu estava projetando Valhalla ele usou uma imagem da cidade cubana de Havana como sua inspiração.

Na entrevista no Final Fantasy XIII-2 Ultimania Omega, foi revelado que Valhalla estava previsto para ser um lugar em 999 AF que também é mencionado em Final Fantasy Type-0 e que teria ligado os dois mundos, mas essa ideia foi desfeita.

Outras ApariçõesEditar

Theatrhythm Final FantasyEditar

TFF Valhalla

Valhalla em Theatrhythm.

Valhalla aparece como uma sequência de música de batalha para "Etro's Champion". Ele apresenta o lugar onde Lightning e Caius estavam lutando depois dela ser salvar por Odin em Final Fantasy XIII-2.

Theatrhythm Final Fantasy Curtain CallEditar

Valhalla reaparece na sequela Theatrhythm Final Fantasy Curtain Call. Ele apresenta a praia e a paisagem urbana nas sequências de música de batalha.


Impresario-ffvi-ios Este artigo é um esboço sobre Theatrhythm Final Fantasy Curtain Call. Você pode ajudar expandindo-o.

Final Fantasy Airborne BrigadeEditar

FFAB Valhalla FFXIII-2 Special


Impresario-ffvi-ios Este artigo é um esboço sobre Final Fantasy Airborne Brigade. Você pode ajudar expandindo-o.

GaleriaEditar

EtimologiaEditar

Na mitologia nórdica, Valhalla (do Nórdico Antigo, "salão dos mortos", e em português "Valhala") é um salão majestoso, enorme, situado em Asgard, controlado pelo deus Odin. Escolhidos por Odin, metade daqueles que morrem em combates vão para Valhalla na morte, conduzidos por valquírias, enquanto a outra metade vai para a deusa Freyja ("Freia" em português) em Fólkvangr. Em Valhalla, os mortos se juntam à massa daqueles que morreram em combate conhecidos como Einherjar, assim como a vários heróis germânicos e reis, que se preparam para ajudar Odin durante os eventos do Ragnarok.

TrivialidadesEditar

ReferênciasEditar

  1. http://eu.square-enix.com/en/blog/final-fantasy-xiii-2-mini-interview-focuses-story
  2. http://finalfantasy-xiii.net/forums/archive/index.php/t-15139.html
  3. 3,0 3,1 http://squareportal.net/2012/07/06/new-final-fantasy-xiii-2-ultimania-omega-scenario-details/

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória