FANDOM


Sealedgate.PNG

O Portal Selado.

Após a guerra sem sentido ter terminado, os espers formaram um novo reino ao qual eles mesmos exilaram-se.
Ramuh

O Mundo dos Éspers (幻獣界, Genjū Kai; lit. "Mundo da Besta Fantasma" ou "Mundo dos Espectros") é um local em Final Fantasy VI, no Mundo da Balança. Está localizado em outro reino, e está ligado ao mundo dos humanos através de uma caverna que leva a um portão enorme. É onde os espers vivem em paz, longe de humanos que poderiam abusar de seus poderes.

HistóriaEditar

Alerta de spoiler: Detalhes sobre a história a seguir.

Após a Guerra da Tríade, a Tríade em Guerra deu o livre arbítrio aos éspers e transformaram-se em pedra, seu último pedido aos éspers foi para manter seus poderes a salvo dos humanos. Após a Guerra dos Magos, os éspers formaram outro mundo e mudaram-se para lá, para viver longe dos humanos, levando com eles as estátuas petrificadas dos deuses. Terra diz que o poder da Tríade em Guerra mantém a conexão entre os dois mundos.

Mil anos mais tarde, uma garota humana chamada Madeline tropeçou no Mundo dos Éspers e se apaixonou por um éspers chamado Maduin. Eles deram à luz a uma menina: Terra. Os espers desaprovaram o ato e Madeline teve que viver sob vigilância do Ancião. Dois anos depois, um homem chamado Gestahl invade o Mundo dos Espers e começou a capturar os éspers, seu plano para extrair o poder deles. O Ancião lança um feitiço para colocar Gestahl e suas tropas para fora do Mundo dos Éspers.

No caos alguns espers culparam Madeline por liderar Gestahl para o seu mundo, e ela fugiu com Terra para retornar ao mundo humano. Maduin seguido para traze-las de volta, mas a magia do ancião era muito poderosa e Maduin, Madeline e Terra foram forçados a sair do mundo dos ésper juntamente com homens de Gestahl, e o portão foi selado para evitar novas invasões. Gestahl mata Madeline, tendo Terra de seus braços para treinar como arma biológica, enquanto Maduin e os outros éspers acabam no Centro de Pesquisa Magitek que drena de seus poderes.

Dezesseis anos depois, Terra retorna ao portão selado com os Revanchistas e defende os éspers para atacarem o Império Gestahliano, as forças de elite de Gestahl alimentados pela magia dos éspers ele havia capturado. Através do poder da Terra o portão se abre, e um vários de éspers liderados por Yura fogem para o mundo dos humano.

Gestahl-FFVI-iOS.png

Gestahl entra no mundo esper.

Embora eles desejassem ajudar, eles perdem o controle de seus poders no mundo humano e dizimam Vector. No rescaldo o portão para o Mundo os Ésper se fecha e é coberto por um deslizamento de terra. Kefka mata Yura e seus amigos em Thamasa, e os éspers ainda atrás do portão o abrem a força, correndo para Thamasa para detê-lo. Os espers são derrotados, e a porta permanece aberta.

Gestahl e Kefka entram no Mundo dos Ésper e encontram a Tríade em Guerra, e criam o Continente Flutuante. O destino do mundo ésper é desconhecido, mas com certeza o portão entre os mundos foi destruído, e com a destruição de Kefka e da Tríade em Guerra, a mágica desaparece do mundo, por isso é provável que o mundo dos ésper e quaisquer éspers sobreviventes desaparecem também.

Musica TemaEditar

A musica tocana no mundo dos Éspers se chama "Esper World," algumas vezes é referida como "Another World of Beasts."

GaleriaEditar

EtimologiaEditar

Esper é um indivíduo capaz de realizar telepatia e outras habilidades paranormais. O termo foi aplicado por Alfred Bester em seu conto em 1950 "Oddy and Id", e é derivado da abreviação de ESP.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória