FANDOM


Lufenian FFO-I.png
Nós somos os Lufenianos, descendentes da raça que outrora viveu entre as nuvens — o Povo Celeste.
—Lufeniano na entrada de Lufenia, Final Fantasy: Dawn of Souls

Os Lufenianos, também conhecidos como Lefeinêses ou Lufaninos, são uma das raças presentes no Final Fantasy original. Eles são os descendentes de uma raça chamada de o Povo Celeste, povo que uma vez habitou os céus. Atualmente os Lufenianos vivem na remota cidade de Lufenia.

HistóriaEditar

Alerta de spoiler: Detalhes sobre a história a seguir.

Há quatrocentos anos atrás, o Povo Celeste era a civilização mais avançada em existência. Utilizando seu domínio sob o elemento Vento, criaram uma fortaleza voadora bem alto no céu, com a Torre Miragem servindo como a porta de entrada. O Povo Celeste inventou também seres mecânicos para guardar sua fortaleza, e um Lufeniano chamado Cid foi o inventor da aeronave. A esse ponto, muitos deles se vangloriavam que sua civilização já alcançava além dos céus.

Foi então que o Demônio do Vento, Tiamat, apareceu para subjugar sua fortaleza e apoderar-se de sua maestria sob os ventos, banindo o Povo Celeste para a terra e deixando-os enfraquecidos.

Em terra, o Povo Celeste estabeleceu uma colônia chamada Lufenia e espalharam uma lenda que quatrocentos anos após a queda de sua civilização, quatro portadores da luz viriam salvá-los. A Torre Miragem então permanece para se tornar o símbolo dessa raça. Os Lufenianos há muito transmitiam sua memória em rituais, mas essa prática veio desaparecendo.

Em algum ponto antes da chegada dos Guerreiros da Luz, os Lufenianos enviaram cinco guerreiros para investigar a hipótese de outra força maior estar controlando Tiamat. Nenhum deles retornou, e é dito que esses guerreiros foram amaldiçoados pelos Demônios e forçados a assumir a forma de morcegos. Quando os Guerreiros da Luz finalmente alcançam o Santuário de Chaos, encontram cinco morcegos em volta de um Cristal Negro e descobrem sobre a conexão entre os Cristais, os Demônios e o ciclo temporal iniciado há 2.000 anos atrás.

Ao chegar em Lufenia, os Guerreiros da luz descobrem que os Lufenianos falam somente sua linguagem nativa, que é incompreensível para eles. Os heróis só conseguem entender Lufeniano após recuperarem a Pedra de Roseta e entregarem ao Dr. Unne.

Outras ApariçõesEditar

Dissidia 12 Final FantasyEditar

Alerta de spoiler: Detalhes sobre a história a seguir.

Durante o jogo é revelado que o narrador é um cientista Lufeniano chamado Cid que ofereceu seu corpo como parte de um acordo com Shinryu. O Guerreiro da Luz é um manequim baseado em Cid, enquanto Cosmos é um manequim baseado na sua esposa. Embora Cosmos tecnicamente não seja uma Lufeniana, sendo modelada com base na esposa de Cid significa que ela possa representar o quê uma Lufeniana parecia durante os tempos de Cid.

GaleriaEditar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória