FANDOM


Guerra Machina
Final Fantasy X
Zanarkand3
A ruínas de Zanarkand, mil anos depois da Guerra Machina.
Localização: Zanarkand
Resultado: Destruição de Zanarkand
Criação de Sin e Zanarkand dos Sonhos
Combatentes
Bevelle Zanarkand
Comandantes
Desconhecido Yu Yevon
Força
Warrior Monks

Machina

Evocadores
Baixas
Desconhecida, provavelmente pesada. Pesada
Os sobreviventes foram transformados em Fayth.

A Guerra Machina (マキナ戦争, Makina Sensō?) foi um evento que ocorreu mil anos antes dos acontecimentos de Final Fantasy X. Foi uma guerra travada entre a cidade de Bevelle e a cidade de Zanarkand. Não se sabe como a guerra começou, mas acabou com a criação de Sin, fazendo cair uma chuva de morte e sofrimento sobre Spira para os próximos 1000 anos.

HistóriaEditar

Alerta de spoiler: Detalhes sobre a história a seguir.

Na guerra, Zanarkand baseou-se em seu evocadores enquanto Bevelle construía poderosas machina. Muitos civis ficaram preocupados com que a guerra destruísse Spira. A machina mais poderosa era Vegnagun, mas não pôde ser usada devido à sua incapacidade para diferenciar amigo de inimigo e acabou sendo guardada em segredo embaixo de Bevelle. Um home de Zanarkand chamado Shuyin infiltrou-se em seu esconderijo e tentou operar a machina, mas foi interrompido por sua amada, a evocadora Lenne, antes de serem abatidos pelas forças de Bevelle.

Como dito em Final Fantasy X-2.5 ~Eien no Daishō~, evocadores costumavam viver na Ilha de Besaid durante o tempo da Guerra Machina, onde eram treinados para lutar contra Zanarkand, enquanto viviam uma vida de supressão, independentemente de seus próprios desejos. Bedore era o antigo nome da raça Al Bhed, que eram tratados como a classe mais baixa da sociedade e trabalhavam nas fábricas, produzindo armas e máquinas e às vezes eram acusados pelo agravamento da guerra. "Fake Bedore" foram Bedore robóticos criados para ajudar a combater a guerra. Eles usavam óculos e ternos amarelos, usavam longos chicotes e eram fracos, sem qualquer proeza em batalha ou agilidade. Um dia, magos e assassinos de Zanarkand invadiram Besaid, carregando bombas que se assemelhavam a bolas de blitzball para eliminar os evocadores.

Bevelle tinha vantagem sobre os evocadores de Zanarkand. Sabendo disso, o líder de Zanarkand, Yu Yevon, transformou todos os cidadãos sobreviventes de Zanarkand em fayth, com exceção de sua filha, Lady Yunalesca e seu marido, Lord Zaon, para evocar uma Zanarkand dos Sonhos. Ele criou Sin como sua armadura para proteger a metrópole sonho, mas como sua humanidade sumiu, Sin enlouqueceu e acabou destruindo Zanarkand. Assim que a notícia de Sin chegou a Bevelle, foi ordenado um cessar-fogo e a guerra acabou.

ConsequênciasEditar

Os efeitos da guerra ainda são visíveis na Spira moderna, nas ruínas de machina em Besaid, na Mi'ihen Highroad, na Ilha de Bikanel e em Calm Lands. Como o fim da guerra havia trazido Sin, Yunalesca estabeleceu a fé de Yevon para reprimir o desespero do povo e trazer a esperança de que um dia Sin poderia ser banido de Spira. Como foi dito em Final Fantasy X-2.5 ~Eien no Daishou~, os Al Bhed foram culpados pela guerras e tornaram-se uma pária social, muitos sendo executados como bodes expiatórios para a crise. Pelos próximos 1000 anos os Al Bhed viveriam em comunidades separadas, detestados pelos seguidores de Yevon.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória