FANDOM


DalmascaSeal.jpg
Dalmascan soldier.jpg
Acho o ar de Dalmasca tão doce
—Basch fon Ronsenburg

O Reino de Dalmasca (ダルマスカ王国, Darumasuka Ō-koku?. Kingdom of Dalmasca em inglês) é um pequeno reino no deserto em Ivalice de Final Fantasy XII e a localização central na maior parte do jogo. A capital de Dalmasca é a Cidade Real de Rabanastre, o lar da maior cidade e à sua nobreza, descendentes do Rei Raithwall.

Dalmasca é cercado pelos impérios de Archadia e Rozarria. Um dos maiores tesouros da família real de Dalmasca é o pedaço de Nethicite deificado, a Dusk Shard, escondido em uma estátua em um quarto profundo dentro do Palácio Real de Rabanastre. Ordem dos Cavaleiros de Dalmasca formam o principal exército até o país ser anexada pelo Império Archadiano.

Conhecimentos de um SábioEditar

Um pequeno reino compreendendo as terras ao redor da cidade de Rabanastre, governando uma parte da Península Galtean. Enquanto seus territórios são pequenos, a sua situação na encruzilhada de três continentes lhe permite prosperar como um centro de comércio. Mais de 700 anos são marcados nas cartas de história desde sua fundação, no entanto, existem muitos exércitos que buscaram reivindicar sua riqueza cultural e sua importância estratégica. Após a sua derrota por Archadia na invasão de 704, suas terras foram colocados sob o controle direto do império.
—Reino de Dalmasca
Linhagem sanguínea iniciada pelo segundo príncipe de Dalmasca para assumir o manto do comando após o falecimento do Rei Raithwall. O reinado de descendentes diretos de Raithwall, Casa Galtea, chegou ao fim depois de 400 anos, marcando o fim da Aliança Galtean, eo início do comando da Casa Dalmasca. O reinado de Dalmasca continuou por quase sete séculos, até que a invasão Archadiana trouxe o fim de sua época.
—Casa Dalmasca

HistóriaEditar

Alerta de spoiler: Detalhes sobre a história a seguir.
Ivalice map.jpg

Territórios regionais das nações de Ivalice.

Temendo pela segurança de seu reino, o Rei Raminas arranjou a sua filha, a Princesa Ashe, para se casar com Lord Rasler do Reino de Nabradia. Pouco depois do casamento Archadia atacou Nabradia. Rasler lidera as forças combinadas de Dalmasca e Nabradia, e é abatido durante a Batalha de Nalbina Fortress. Ele morre pouco depois e Capitão Basch fon Ronsenburg leva seu corpo de volta para Dalmasca.

O exército combinado foi derrotado, e o rei Raminas pediu a paz. Ele estava prestes a assinar o tratado, embora muitos de Dalmasca sentem-se traídos pelo Reino. A assinatura do tratado era apenas um estratégia de Vayne, o herdeiro do trono do Império, que tinha enviado o Juíz Gabranth para se disfarçar de Basch e matar o rei Raminas culpando o Basch como um assassino.

Com seu pai e marido morto, Princesa Ashe teve que se esconder com a Resistência. O Império Archadiano anexa Dalmasca ao Império, alegando que Ashe havia tirado a sua própria vida. O Império alegou domínio sobre Dalmasca para sua própria proteção e enviou Vayne Solidor para supervisionar o reino como cônsul.

Uma vez que a senhora Ashe reaparece, viva contrária às afirmações do Império, Vayne é chamado de volta para a cidade Imperial de Archades. Quando a Sky Fortress Bahamut é ativado, juntamente com a frota imperial completa partem para atacar a resistência na Batalha acima de Rabanastre. Ashe e seus amigos derrotam Vayne e acabam com a guerra, mas no rescaldo Bahamut quase bate em Rabanastre, sendo desviado para a periferia da cidade. Ashe recupera o trono de Dalmasca, tornando-se a rainha.

GeografiaEditar

Cidade Real de RabanastreEditar

Rabanastre é separada numa expansão ao norte, uma expansão ao sul, um mercado, e uma série de portas. O Palácio Real de Rabanastre fica na parte norte da cidade, inacessíveis ao público em geral. Moogles operam um sistema de transporte rápido chamada Moogling que permite aos cidadãos se teletransportar para diferentes seções da cidade.

Debaixo da principal cidade de Rabanastre há uma série de túneis que abrigam Lowtown onde os pobres, os necessitados, e os perdidos vivem. Porque Imperiais raramente se aventuram lá muitos moradores se mudaram para Lowtown; um desses moradores é Vaan e o Velho Dalan. Debaixo de Lowtown há uma série de correntes d'água com uma entrada secreta que leva para o porão do Palácio Real.

Garamsythe WaterwayEditar

O Garamsythe Waterway abastece a cidade com água. Dentro dos cursos de água vivem várias criaturas perigosas, e futuros aventureiros o usam para melhorar suas habilidades de luta. Desconhecido pela segurança do palácio, há uma passagem escondida que leva para o porão do Palácio Real.

Giza PlainsEditar

Giza Plains tem uma estação chuvosa e uma estação de seca e diferentes criaturas habitam as planícies durante as diferentes estações do ano. Em meio às planícies há uma vila de semi-nômades cujos habitantes migram uma vez que a estação das chuvas vem.

Nas planícies há pedras que emitem uma luz mágica, os cristais escuros, absorvem a luz solar durante a seca. A luz mágica pode ser desviada para criar Sunstones. Os moradores de Giza Plains o levam à Ozmone Plain.

Dalmasca EstersandEditar

Dalmasca Estersand é um deserto aberto, habitado por monstros itinerante. Há um santuário de viajantes, localizado perto de Rabanastre, e uma aldeia às margens do rio Nebra. O Estersand leva a Nalbina Fortress ao leste e para Mosphoran Highwaste no norte.

Dalmasca WestersandEditar

Dalmasca Westersand também é um deserto aberto, e, ao contrário do Estersand, é pego por tempestades de areia fortes frequentemente. O Westersand leva à Ogir-Yensa Sandsea. Há um atalho para o Estersand, mas é guardado pelo rei de Westersand, o Earth Tyrant.

Barheim PassageEditar

Uma passagem infestada de monstros abandonada no subterrâneo que liga Dalmasca Estersand, Garamsythe Waterway e Nalbina Fortress. Agora, as únicas pessoas que caminham pelas estradas dessa passagem são as pessoas que fogem das Masmorras de Nalbina.

As saídas são guardados por monstros; a saída para o Estersand é guardada pelo Mimic Queen e da saída para o Garamsythe Waterway é guardado por um Esper, Zarela o Serafim da Morte.

EtimologiaEditar

Seu nome é uma reminiscência da cidade de Damasco, na Síria, que também é cercada pelo deserto e compartilha um clima árido semelhante. Ambas as regiões têm visto muitos impérios, tanto estrangeiros como locais, sobe e queda. A arquitetura de Damasco é inspirado pelo rico influxo de culturas neste nexo continental, e características análogas pode ser referenciada a partir da arquitetura Rabanastre. Como Damasco está entre a Europa, Ásia e África, Dalmasca fica entre Valendia (Archadia), Ordalia (Rozarria), e Kerwon.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória